Sábado, 29 de Março de 2008

Património humano e cultural

Vivem-se tempos crispados na nossa terra.A queda portuguesa para desdenhar daquilo que é nosso e valorizar aquilo que é dos outros tem vindo a sublimar-se também em Valverde.Vem isto a propósito de ter lido e ouvido que a nossa terra não tem património digno de registo.Isto,quanto a mim,é um erro crasso.E não falo apenas do património arquitectónico;mas até poderia falar dele,o que farei noutra altura.Direi apenas que o património construído é de real valor.Há outros patrimónios que têm sido esquecidos.Refiro-me ao património cultural,gastronómico,social e humano.Este último será o de maior grandeza.Esta terra que todos os valverdendes integram,cada um à sua maneira,é o de maior grandeza.

Um destes dias recebi um agradável telefonema de um bom valverdense que há largos anos se encontra ausente mas que nunca nos esqueceu.Segue atentamente a vida da freguesia pelos blogs e pelo Jornal do Fundão,de onde tem recolhido informação e fotografias de conterrâneos seus e nossos.Grande é esta dedicação e afecto à sua e nossa terra! Apetece dizer :Bem Haja por não nos ter esquecido.Isto é,sem dúvida,o maior património humano e social dos valverdenses.

Também no  sábado de Páscoa um outro valverdense a quem a vida obrigou a deixar a sua terra para trabalhar na grande cidade ,me contava que uma sua neta ,que frequenta o 4º ano de escolaridade,encontrou em sua casa um livrito sobre a história de Valverde.Leu , gostou e levou para a sua Escola.Ali descobriu a lenda da Fonte da Moureta que encheu de curiosidade os colegas e professora.De tal maneira gostaram da pequena história que decidiram trabalha-la ,dramatizaram e encenaram para um espectáculo de natal da escola.Contou-me babado que tinha sido qualquer coisa tão importante para ele ouvir falar naquela terra onde mora da sua terra natal que lhe vieram as lágrimas aos olhos.Aqui está o nosso património cultural,não tenhamos vergonha de nós,da nossa terra,das nossas gentes residentes e ausentes.

publicado por valverdinho às 21:25
link do post | favorito
Quinta-feira, 27 de Março de 2008

Maio de 1858 !

Nos Livros de Actas da Junta de Freguesia,em Maio de 1858, pode ler-se o seguinte: No Adro junto à porta travessa da Igreja da parte do Norte há duas campas de pedra que cobrem as sepulturas em que jazem os corpos de inidivíduos que foram membros desta freguesia,as quais por estarem mais elevadas do que a terra,fazem correr as águas quando chove para dentro da Igreja,o que causa uma ruína no pavimento do edifício e por esta razão determina esta Junta que sejam intimados os familiares a quem aquelas pertençam para fazerem rebater as ditas campas até que fiquem na profundidade que não empeçam a corrente das águas.O que também se ordena ao Regedor para se levar a efeito.Assinam esta Acta -O Presidente,Joaquim Manuel da Silva Leal;Os vogais,José dos Santos Ramalho e Paulo José Custódio;O Regedor,José Lopes Nogueira;O Secretário,José Rodrigues de Ascensão.

Um pouco de história  não fica mal em tempos conturbados,acho eu.

publicado por valverdinho às 21:38
link do post | favorito
Quinta-feira, 20 de Março de 2008

de volta com leituras

Há já uns tempos que me encontro ausente da escrita.Hoje decidi por em dia a leitura escaldante dos últimos tempos.Socorri-me,claro,dos blogs,dos da nossa terra,e pude verificar que as coisas estão bravas.Li e reli posts e comentários.Fico contente pela liberdade de expressão praticada até limites muito próximos da inconsistência.Vi opiniões válidas e excessos comprometedores.Da discusão poderá nascer a luz e por isso a ideia de um referendo é verdadeiramente original,apesar de saber das dificuldades de tal realização.O que é indisctível é que o futuro da Igreja Paroquial de São Miguel de Valverde não é indiferente para os valverdenses,embora de formas diferentes e divergentes.Aproveito para corrigir uma informação sobre a data de construção : a data que se encontra muito sumida  no Cruzeiro é 1711 e não 1777 como consta de um post do Salo.Completerá,então, 300 anos daqui por mais 3 anos.Quanto à construção do Centro Social fico verdadeiramente contente que se venha a concretizar.Parece-me,pelo que ouvi na RCB ,que o Sr Presidente da Câmara diminuiu consideravelmente o apoio em relação ao 1º protocolo assinado há já algum tempo atrás.Se estiver enganado ,espero  não ter ouvido bem,ainda bem para todos.Por fim ,gostaria de me referir à visita do Sr Bispo que desejo tenha sido bem recebido ,como é hábito do Povo de Valverde.E, a propósito da visita bispal,queria aqui lembrar um pequeno acontecimento,aí pelos idos anos de 1969 ou 1970,aquando da visita do crisma do Sr Bispo (D.Policarpo?) um grupo de jovens escreveu uma mensagem num pano branco com uma mensagem simples :Os jovens pedem ao Sr Bispo um Padre só para Valverde(terá sido mais ou menos isto).Acrescento que quase sempre o Pároco de Valverde residia nas Donas o que os valverdenses não achavam justo.Na altura as opiniões dividiram-se quanto ao atrevimento dos que ousaram publicamente expor-se.Houve alguns contratempos inesperados,mas a ideia era simples e sem pecado.Outros tempos...
publicado por valverdinho às 19:56
link do post | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Grande Lição

. Tristes figurantes

. orgulho de valverdenses

. Memória de maio

. Monumentos e sítios

. DIA DA FREGUESIA

. Valor excepcional

. Recuperem a AJUVAL

. Homem Bom

. obrigado ZP

.arquivos

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Maio 2017

. Março 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Outubro 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Setembro 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds