Terça-feira, 24 de Abril de 2007

25 de Abril de sempre !!!

A Revolução de Abril de 1974

vista por uma jovem de 11 anos

Certo dia o capitão Salgueiro da Maia dirigiu-se à caserna e perguntou aos seus soldados se estavam dispostos a ajudá-lo numa revolução que tinha como objectivo derrubar o governo de Marcelo Caetano e tornar livre o nosso país numa República democrática.

 

A Revolução

 

         O 25 de Abril de 1974 foi a data em que num só dia Portugal, se libertou do regime político que  durava desde 1926.

         O golpe militar foi dado pelo MFA (Movimento das Forças Armadas), e pelos capitães que tinham participado na Guerra Colonial.

                                       O cravo - um símbolo

 

A revolução ficou também conhecida como a Revolução do Cravos. Porque, uma senhora que se dirigia para o local onde trabalhava, uma pastelaria ,levava consigo cravos para a enfeitar. Sendo impedida de ir trabalhar, graças à revolução, começou a distribuir os cravos vermelhos pelos soldados que os colocavam no cano da espingarda, que mesmo que disparassem iam disparar uma inofensiva flor que não magoaria ninguém.

                           

 

A revolução contada

 

         Tudo começou no dia 25 de Abril de madrugada quando os soldados do MFA tomaram a Rádio Clube Português e começaram a passar músicas que até ai eram proibidas, tais como “Grândola Vila Morena “ de Zeca Afonso. Era um cantor que era proibido  ouvir porque as suas canções falavam de liberdade.   

          A intenção do MFA era transmitir à população o que queriam  acabar com a guerra colonial, derrubar o regime ditatorial do estado novo , dar liberdade de expressão e liberdade politica, desenvolver o pais e criar um estado democrático onde todas as pessoas fossem livres.                

 

         - Salgueiro Maia

         - Otelo de Saraiva de Carvalho

         - Vasco Lourenço

         - Melo Antunes

         - Vítor Alves

         - Sousa e Castro

Conclusão

       O 25 de Abril deu-nos muitas liberdades principalmente de expressão e politica.

         Foi muito importante para nós porque não imagino estarmos no Século XXI sem podermos dizer aquilo com que concordamos ou não, sem nos podermos exprimir livremente.

         Também porque o país desde aí se tem desenvolvido cada vez mais. Pois se ainda estivéssemos em ditadura não nos tínhamos modernizado, não poderia haver Internet porque as noticias dos jornais estrangeiros não poderiam falar em eleições livres  que  seriam impossíveis de realizar. E isto é só uma das muitas das coisas de que nos teríamos de privar. Tira-se também uma conclusão: que a melhor forma de o Povo não barafustar é mantê-lo na ignorância para ele não raciocinar e não se revoltar, uma das razões pela qual antigamente as pessoas só estudavam até à 4ª classe e, também, por falta de alimentos.          

   

 

                           

 

                           

 

                                                                                 

 

 

    

 

 

                           

 

 

 

        

 

 

 

    

 

 

                           

 

 

 

        

 

 

Os principais capitães de Abril A Revolução de 25 de Abril de 1974
publicado por valverdinho às 22:00
link | favorito
1 comentário:
De Presidente da Junta a 1 de Maio de 2007 às 13:45
isto tudo é para ser presidente da junta não é, so faz isto, não faz nada de util em beneficio do povo.
a preparar-se para a chulice não basta os falhados que já cá andam á tanto tempo.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
18
19
20

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Memória

. Cucos

. O entrudo

. Concordo

. Bom humor

. Mais vale tarde ...

. Centenário

. Aviso à navegação

. coisas simples

. Sinais mudos dos tempos

.arquivos

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Novembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Maio 2017

. Março 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Outubro 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Setembro 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds