Quarta-feira, 10 de Janeiro de 2007

Janeiras de outros tempos

As janeiras, que este ano se voltaram a ouvir nesta terra,terão origem nas festas romanas das calendas que se celebravam em Roma no mês de Janeiro.
A Igreja católica afeiçoou estes traços pagãos cristianizando os costumes e as celebrações de acordo com a religiosidade dos tempos.
Assim, se cantam as janeiras ,na generalidade, entre o nascimento do Menino Jesus e o dia de Reis.
Socorro-me ,a partir de agora, de pequenos textos retirados do livro Ao redor do Fundão, de José Monteiro,para mostrar como eram as janeiras nos primórdios do século passado.
Rapazes e raparigas em grupos mais ou menos numerosos –por vezes homens de certa idade e condição social – saem,noite fechada ,a cantar as janeiras à porta das casas principais.Feitos os ensaios e demais preparativos com antecipação bastante , se não na própria noite de natal à roda do cepo ou madeiro ,todos se concertando à volta do de melhor voz que regra a música e dá o primeiro verso de cada cantiga.Por vezes cantam-se as janeiras com acompanhamento de instrumentos musicais : tambores,violas,ferrinhos,acordeão, etc.
“Em Valverde ,nas noites de Natal e Ano Bom,os quatros foliões do Espírito Santo ,acompanhados dos seis mordomos e do juiz ,tesoureiro e escrivão da mordomia ,saem a dar as janeiras com seus instrumentos e loas de tradição.Dentre os foliões o do tambor ,que é o principal ,regula a música e nota baixinho,o primeiro verso de cada cantiga.Toca o segundo viola e os dois restantes ,pandeiros – espécie de acinchos de castanho com soalhas de lata.
Dirigem-se primeiro a casa do juiz e, sucessivamente, à do tesoureiro,escrivão e mordomos.E todos em coro:
Vamos dar as boas-festas,
Festas com muita alegria,
Manda-as Dâs do céu à terra
E a Virzem Santa Maria.
 
As Janëras que cantemos
Amanhei s’hão-de tirare,
São pró Dvino Spirto Santo,
Que Ele mos há-de salvare.
 
Sobem em seguida as escaleiras do balcão e franqueia-se-lhes a casa,onde já os esperam as janeiras: filhós, papas, chouriças,morcelas,frutas e queijo.Cresce o entusiasmo ao redor da vasta mesa de jantar,onde tem lugar de realce o apetecido vinho-novo.Mas não há tempo para delongas, que importa correr as oito casas restantes – e vá de prosseguir nas romagem.
No dia de Bom Ano saem oficialmente pelo povo a tirar as janeiras ,depois da missa do dia.À frente ,o juiz ,o tesoureiro e o escrivão com bandejas para esmolas de dinheiro, e os seis mordomos com sacos para recolher «somente» e outros géneros.A seguir o Alferes com a bandeira e no couce os foliões ,tocando e cantando loas.Estas esmolas acumulavam-se depois às do «oitavário» ,colhidas durante os oito domingos da Ressurreição para as festas do Espírito Santo.” (sic).
Fala-se aqui da Folia do Espírito Santo e da sua composição. Voltaremos um dia destes a este tema (Folia) com o depoimento directo que recolhi de um dos últimos membros ,o tio Manuel Abrantes / Chona.
publicado por valverdinho às 13:29
link do post | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. Trocar por miúdos

. Até as cegonhas,Senhor !

. pensar em alternativas

. os presentes dos passeios

. desenganos

. santoro

. Tenham vergonha !

. proposta de passeio

. Correção de data

. 40 anos de Eleições Autá...

.arquivos

. Maio 2017

. Março 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Outubro 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Setembro 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds