Sexta-feira, 26 de Novembro de 2010

Irmandades e Mordomias

Temendo que  em breve também estes poucos que sustentam a Irmandade deixem de o poder fazer,fui perguntar algumas coisas e rebuscar nos meus apontamentos.E aqui fica como homenagem aos sobreviventes.

Confrarias – 1853

S. Domingos

Santíssimo Sacramento

Mordomias 1858

São Sebastião

São Braz

Senhora das Graças

Espírito Santo

Irmandades – 1910

Santíssimo

São Miguel

Nossa Senhora do Rosário

Mais tarde seria criada a Conferência de São Vicente de Paulo de que a Junta de Freguesia era sócia com a cota anual de 12$00.

A Igreja marcou desde sempre a vida das pessoas, tendo para isso criado as suas próprias instituições no sentido de integrar a prática religiosa e a vida dos paroquianos.

De entre as organizações religiosas salientam-se as Mordomias destinadas a organizar as festas dos santos e as Irmandades.

As confrarias e Irmandades dedicavam-se à prática da caridade e da protecção aos mais carenciados.

Estas organizações identificavam-se nas cerimónias religiosas com bandeiras e opas de cores diferentes: pretas ,brancas e vermelhas.

Actualmente existem apenas a Irmandade das Almas e a Irmandade do Santíssimo.

A Irmandade das Almas acompanha com as suas bandeiras os defuntos e é formada apenas por homens. A Irmandade do Santíssimo formada só por mulheres – zeladoras – empenha-se na promoção das actividades religiosas.

A Conferência de São Vicente de Paulo dedicava-se à prática da caridade e ajuda aos pobres. 

Os irmãos pagam uma quota anual – anuário – que é entregue pelos Mesários ao Juiz com o Livro dos Anuais – relação dos irmãos. Os irmãos têm alguns direitos .Além do acompanhamento no funeral é-lhes devida a celebração da missa de 7º dia e anual a expensas da Irmandade  e ao sufrágio da sua alma pela desobriga quaresmal.

AS FUNÇÕES DAS MORDOMIAS

Em 6 de Setembro de 1858 o Pároco da freguesia, que por inerência é também o Presidente da Junta da Paróquia, convoca as mordomias então existentes (São Sebastião, São Braz, Senhora da Graça e Espírito Santo) dizendo” que ao pedirem esmola todos os 1ºs e 3ºs Domingos de cada mês em todo o ano cujas esmolas mendigam pelos habitantes desta povoação para alimento e manutenção do culto” e “observando porém que este excesso por assim dizer  mais se torna um abuso que só serve de maior incómodo para os mordomos e vexação para os habitantes deste lugar do que do interesse para as ditas mordomias”.

                Para evitar estes incómodos o Pároco sugere “que no dia da festa de cada um destes Santos que se venera a título de Mordomia ,por não se poderem denominar confrarias por não terem compromisso ,que se tire o ramo do costume e que se ponha à venda pública como até agora se tem praticado aos Domingos no Adro da Igreja”.“E que no tempo de São Miguel ou Outono ,isto é, no tempo da colheita do centeio ,trigo, milho e feijão se peça a esmola destes géneros, aceitando em geral o que os fiéis oferecerem”. 

“E que no tempo da apanha da azeitona em que já se fizer o azeite se tire esmola deste género…”.

“E finalmente que no Domingo, chamado Gordo, ou naquele que lhes pareça que mais lhe convém se tire o ramo da carne, do mesmo modo que até agora se tem costumado”.

Esta fixação mantém-se até agora sofrendo algumas alterações de nome e de género.                                       Pelo São Miguel é costume pagar ao Pároco a côngrua ,actualmente equivalente a um dia de trabalho do chefe de família, mas anteriormente paga em milho, trigo e outros géneros (as medidas eram o alqueire e o meio alqueire) .

Quanto à venda dos Ramos das Carnes  no Domingo Gordo a tradição manteve-se até há muito poucos anos .Cumpria-se o ritual de se fazer a sua venda pública no Adro da Igreja como imemorialmente havia vinha acontecendo e sendo respeitado ,no denominado sistema de pregão e lanço.

 

publicado por valverdinho às 16:28
link do post | favorito
|
Sexta-feira, 19 de Novembro de 2010

Fora de horas

Olhei,também,para a Torre(não  só para ela) e lá vi o relógio há muito parado.O que lá está é da década de sessenta.Na Acta de 2/5/1914 consta que a Junta «decidiu adjudicar um relógio para a Torre por 135 escudos a um relojoeiro do Alcaide»,o qual só viria ser colocado em 1918,conforme Acta de 2/4/1918.

publicado por valverdinho às 10:54
link do post | favorito
|
Domingo, 7 de Novembro de 2010

A Irmandade

Quem lá esteve pôde reparar no Compasso que acompanhou o Pároco no dia de finados.Devem ter reparado na presença dos membros da Irmandade ,vestidos com as suas opas,a bandeira  e as lanternas.Vem isto a propósito porque no Livro de Actas da Junta em 14/12/1910 consta o seguinte: «Aprovados os Estatutos da Irmandade de Nossa Senhora do Rosário e Santíssimo e porque a Irmandade no futuro pode vir a prestar muitos benifícios à freguesia,entende-se porém que no artigo 19 se deve acrescentar que quando falecer algum miserável a Irmandade deve ir por caridade acompanhá-lo».

 

publicado por valverdinho às 19:35
link do post | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. Trocar por miúdos

. Até as cegonhas,Senhor !

. pensar em alternativas

. os presentes dos passeios

. desenganos

. santoro

. Tenham vergonha !

. proposta de passeio

. Correção de data

. 40 anos de Eleições Autá...

.arquivos

. Maio 2017

. Março 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Outubro 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Setembro 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds