Domingo, 22 de Julho de 2007

A Fonte do Vale está mais bonita!

1- Já repararam que a Fonte do Vale está mais catita? Pintaram os muros de branco.Talvez merecesse a plantação de uma árvore de jardim no meio para lhe dar um ar mais humanizado.E se a gente nova ali voltasse poderia dar-lhe uma nova vida,por que,outrora,foi lugar de grandes amores e maiores desencantos.Na verdade, sabe muita coisa mas permanece muda com os seus segredos.

2- No dia do encerramento do aniversário do Desportivo  o seu Presidente pediu ao Sr Vereador do desporto que lhe cedesse a relva sintética desaproveitada para fazer um campo de futebol de sete nos terrenos anexos ao pavilhão.O Sr Vereador foi dizendo não poder aceder a este pedido por já ter cedido a relva para outra freguesia. Ofereceu,em alternativa,a construção de um ringue ao ar livre para os mais jovens.Ficamos a aguardar que pedinte e dador cumpram o anunciado.

3 - E as obras da Escola,meu Deus? Setembro está cada vez mais próximo.  

publicado por valverdinho às 22:23
link do post | favorito
|
Quinta-feira, 19 de Julho de 2007

Obras na Escola

Boa notícia. No valverdecity diz-se que já há uma grua na escola.Vão começar as obras? Espero que sim e que sejam concluídas com a rapidez necessária para a abertura do ano lectivo em setembro sem sobressaltos. Mas, o melhor é mantermo-nos atentos;não vá o diabo tecê-las como diz o povo.
publicado por valverdinho às 12:23
link do post | favorito
|
Quarta-feira, 11 de Julho de 2007

Obras da Escola.

Fizeram-se chegar informações sobre as obras da Escola. 1-A escola já se encontra devoluta,trabalho já feito pelos funcionários da Junta e da Câmara.Muito bem!                                  

2- As obras começarão muito em breve (num destes dias) e estarão prontas para o começo do ano lectivo.Esperamos para ver. 

3- a ideia de deslocamento da escola e dos alunos  para os subúrbios não tem validade.

Continuemos atentos.

publicado por valverdinho às 13:32
link do post | favorito
|
Domingo, 8 de Julho de 2007

Semanada

1-      Afinal a omeleta do Desportivo não tinha 3 metros,teve,sim  4 metros e  meio .graças ao contributo das senhoras da secção de ginástica.

2-      Retumbante foi o êxito do Clube TT da Cova da Beira na mostra que fez das antigas máquinas no Carvalhal.Que seja para continuar.

3-      As obras da Escola não começaram na 2ª feira passada como havia sido anunciado com trombetas pela Câmara Municipal.É preciso fazer qualquer coisa,a reabertura do ano lectivo está cada vez mais próximo e os nossos jovens merecem melhores instalações.Porquê ? Incúria ou desleixo de alguém? É que esta escola tem no seu interior a melhor biblioteca escolar do concelho.

4-       A Festa de São Domingos . Aquele lugar tem um encanto especial.Pena é que seja utilizado apenas uma vez por ano.Aconselho,quem quiser, a que em qualquer altura do ano se desloque ali com tempo para se sentar e cheirar os odores campestres,ouvir a passarada e pensar um pouco nas origens telúricas da nossa terra.

5-      Ainda a Carvalha de São Domingos.Falando com quem ainda se lembra dessa enorme árvore que se plantava no meio do recinto,foi sugerido que fosse substituída por uma outra plantada agora no mesmo local que a lendária ocupava.Mais : que deveria ser agora plantada pela juventude e as suas organizações  no começo da Primavera. Bom desafio,não acham?

publicado por valverdinho às 17:03
link do post | favorito
|
Domingo, 1 de Julho de 2007

Os Largos ,os nomes e a história - 3

 

Largo do Espírito Santo

Deve o seu nome à Capela ali instalada.Em 1759 o Pároco ,em resposta ao Inquérito mandado fazer pelo Marquês de Pombal sobre os efeitos do terramoto de 1755,dizia que esta freguesia tinha 3 capelas.uma das quais dentro do povo denominado do Espírito Santo.No lintel da porta principal encontra-se a data de 1842,referido-se,talvez,a uma certa recuperação,visto que já ,então em 1759,fora antes referida.Veja-se que a capela se encontra encostada ao lado norte podendo querer significar ter sido ali instalada já com o largo formado.Não há qualquer prova para esta instalação.Certo é que se situa num lugar onde os cristão novos se radicaram quando fugidos de Castela. Os sinais são evidentes:veja-se a quantidade de casas de granito com duas portas ,uma mais pequena de acesso ao 1º andar onde habitavam,e outra maior que dava acesso ao rés do chão onde se faziam os negócios e exerciam as suas profissões.Aqui ,mesmo ao lado,se encontra aquele exemplar onde é visível esta característica e o sinal ,bem notório,de ser a morada de um cristão novo ou judeu convertido,e ostentado na sua soleira a data de 1569.Talvez a construção desta capela e do largo estejam ligados à instalação desta comunidade que veio dar um grande incremento económico e social a toda a região. 

Largo do Outeiro

Também conhecido como Largo do Oiteiro,no dizer popular,mas realmente Outeiro de São Miguel.Sabe-se que os antigos residentes da Pouca Farinha a abandonaram devido à praga de formigas e se instalaram nos Casais e no Outeiro.Um outeiro quer significar um sítio alto de onde se pode ver ao longe.Aqui começa do curso do Ribeiro do Outeiro de São Miguel assinalado nas cartas militares.

Entretanto,especulo eu.Será que esta mudança da Pouca Farinha para o Outeiro de São Miguel corresponde à alteração do nome da Paróquia de Santa Maria de Valverde(1320) para a Paróquia de Valverde de São Miguel de Valverde?A quem puder e souber agradecia uma resposta.

 Largo do Boeiro

Se consultarmos um dicionário não encontraremos esta palavar- BOeiro.Veremos sim a palavra bueiro que é o lugar de escoamento de águas.Mas o nosso largo chama-se de Boeiro. Porquê? O imaginário popular também pode resolver o que às vezes se torna inexplicável .E eu que há muitos anos me vou interessando por estas questões ouvi ,em 1969 ,e guardei num rascunho a explicação fantástica para este nome invulgar.É a seguinte: havia nesta terra uma rapariga muito bela chamada Ângela.Era órfã de pai e sua mãe  já idosa decidiu casá-la com um velho lavrador de uma terra vizinha,no sentido de a tornar rica.Acontece que a Ângela se morria de amores por um rapaz da nossa terra com quem mantinha um namoro desconhecido da mãe.Resistiu quanto pôde à imposição da sua mãe.Por fim teve de se submeter  à vontade da mãe casando com o idoso agricultor e indo  viver noutra terra. Enquanto o tempo passava a jovem enchia-se cada vez mais de tristeza e desgosto.O idoso esposo crescia em desconfiança e ciúmes.Num certo dia agrediu a jovem com tal brutalidade nas suas partes mais íntimas  que ela teve de fugir de casa.Dirigiu-se para a casa de sua mãe e  terra do seu amado a  quem nunca esquecera.Chegada caiu exausta e a esvair-se em sangue neste sítio do boeiro,cuja terra bebeu seu sangue para não poder ser pisado por ninguém.  Simplesmente arrasador,o imaginário popular poderá explicar muita coisa.

O Arraial

O arraial é o lugar da festa ,da alegria ,da feira etc. Em 1919 a Junta de Freguesia decide mudar a Capela de São de Valverde para o Carvalhal.Ali demarcou o terreno para erguer a capela e delimitou o respectivo adro.Ora ,é neste adro que se passa a fazer a festa de São Sebastião e por isso se lhe dá o nome de arraial. Aqui, no arraial, se jogou à bola durante muitos anos até à inauguração do campo da Lavajola em 1946.

 

 

publicado por valverdinho às 11:38
link do post | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.posts recentes

. Homem Bom

. obrigado ZP

. Trocar por miúdos

. Até as cegonhas,Senhor !

. pensar em alternativas

. os presentes dos passeios

. desenganos

. santoro

. Tenham vergonha !

. proposta de passeio

.arquivos

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Maio 2017

. Março 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Outubro 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Setembro 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds