Terça-feira, 19 de Dezembro de 2006

Conto de Natal

CONTO DE NATAL
 
Era uma simples família : José, sua esposa Maria , seu filho de nome de António.
Chegado à idade adulta o jovem aprendiz lança-se à conquista do mundo. Parte para terras longínquas e estranhas, gentes de desconhecida linguagem e costumes diferentes . Leva consigo uma força indomável de valores e razões.
No meio do mundo, ingrato e desleal, sobrevive com todas as dificuldades. Acossado pela cobardia ,o desinteresse ,o vício e a irresponsabilidade acaba por sucumbir.
José  e sua esposa ,Maria, levaram uma vida de dignidade e trabalho. Agora, idosos ,cansados da labuta, vivem ainda as dificuldades da ingratidão humana. A doença e a idade acentuam a decrepitude .
Sobrevivem dificilmente com uma menor reforma que mal dá para o sustento e falta sempre para a compra de medicamentos.
Apesar da injustiça e de uma longa vida de trabalho, mantêm a dignidade de quem sempre norteou a vida por valores elevados e não desespera por meios materiais. Repudia, é certo, a mentira e a ignomínia dos que sem dignidade enganam e mentem aos mais idosos e necessitados.  
No dia de Natal, José e Maria aproximaram-se do Presépio. Vergados pela idade ,mas cheios de fé, ajoelharam. José viu então o Menino Jesus muito rosadinho e o seu olhar ,de repente, cruzou-se com o olhar do Menino Deus . Repara que ele lhe sorri!
Parece querer dizer-lhe qualquer coisa. José entende agora que a sua vida de trabalho árduo e honesto é reconhecido por alguém que a indiferença dos seus parceiros humanos não é capaz de ver. Aperta, terna e demoradamente ,a mão da sua esposa Maria e fica a saber que os valores são mais importantes que todas as glórias efémeras.
Repentinamente , lembra-se de seu filho condenado pela ganância humana e sente-se humildemente reconfortado.
Vai retirar-se, mas não consegue evitar cruzar um derradeiro olhar com o Menino que lhe devolve um celestial sorriso. E de frente para o Menino Jesus do Presépio pobre exclama solenemente     : Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens de boa vontade! 
publicado por valverdinho às 09:22
link do post | favorito
|

grande dia

No domingo passou-se um grande acontecimento.A Orquesta Típica Albicastrense brindou-nos com um concerto de Natal de altíssimoa qualidade.Igreja cheia.Muita gente a cantar e a acompanhar as cantigas do Menino Jesus.Um dia para recordar e para agradecer ao nosso conterrâneo ,Maestro Carlos Salvado,que é neto de Augustiniano Afonso,ou melhor do Questiano.Ainda alguém se lembra dele?

Por fim vão ao valverdecity por que ali verão belas fotografias.

publicado por valverdinho às 09:14
link do post | favorito
|
Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2006

CONVITE

O Pouca Farinha Movimento Cultural vai promover no próximo Domingo.dia 17,pelas 15 horas um Concerto de Natal com a Orquesta Típica Albicastrense,cujo maestro é o nosso conterrâneo Carlos Salvado.

Esta iniciativa é possível devido a uma excelente conjunção de esforços entre o PFMC ,o Pároco da freguesia,a Junta de Freguesia ,Comissão Fabriqueira,Centro Social,os escuteiros e todas as outras institruições da nossa terra que vão colaborar,bem como de alguns particulares que vão ajudar.

Destaco a vontade do maestro que foi determinante.

O Concerto realiza-se na IGREJA PAROQUIAL DE SÃO MIGUEL DE VALVERDE.

A não perder.

publicado por valverdinho às 09:28
link do post | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. Trocar por miúdos

. Até as cegonhas,Senhor !

. pensar em alternativas

. os presentes dos passeios

. desenganos

. santoro

. Tenham vergonha !

. proposta de passeio

. Correção de data

. 40 anos de Eleições Autá...

.arquivos

. Maio 2017

. Março 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Outubro 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Setembro 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds